Fibromialgia

Cada vez mais a Fibromialgia é conhecida entre a população portuguesa. 80 a 90% dos casos são mulheres com idade entre os 30 e os 50 anos.

infografia-30-a-50-anos

30 - 50 ANOS

Cada vez mais a Fibromialgia é conhecida entre a população portuguesa. 80 a 90% dos casos são mulheres com idade entre os 30 e os 50 anos.

infografia-30-a-50-anos

30 - 50 ANOS

Mas afinal o que é a Fibromialgia?

inspire-studio-fibromialgia-img04

Segundo, “The National Institute of Anthritis and Musculoskeletal and Skin diseases (2000)”, a Fibromialgia, é um distúrbio crónico caracterizado pela dor muscular generalizada, fadiga e múltiplos pontos dolorosos.

Existem áreas precisas e localizadas, mais sensíveis à dor, particularmente no pescoço, coluna, ombros e anca.

Pessoas com esta síndrome podem apresentar distúrbios de sono, rigidez muscular matinal, síndrome de intestino irritável, ansiedade, entre outros sintomas.

Mas afinal o que é a Fibromialgia?

inspire-studio-fibromialgia-img04

Segundo, “The National Institute of Anthritis and Musculoskeletal and Skin diseases (2000)”, a Fibromialgia, é um distúrbio crónico caracterizado pela dor muscular generalizada, fadiga e múltiplos pontos dolorosos.

Existem áreas precisas e localizadas, mais sensíveis à dor, particularmente no pescoço, coluna, ombros e anca.

Pessoas com esta síndrome podem apresentar distúrbios de sono, rigidez muscular matinal, síndrome de intestino irritável, ansiedade, entre outros sintomas.

O que causa a  Fibromialgia?

A causa da Fibromialgia ainda é desconhecida, apesar que alguns investigadores terem várias teorias sobre as causas ou o que desencadeia a doença.

Uma das teorias mais referida, é a de que a síndrome pode ser causada por uma lesão ou um trauma. Esta lesão pode afetar o sistema nervoso central. A Fibromialgia, pode estar associada a alterações no metabolismo muscular e à diminuição do fluxo sanguíneo, causando a fadiga e a diminuição da força.

Segundo a “Associação Portuguesa de Doentes com Fibromialgia (2018)”, o nosso corpo começa a dar alguns sinais específicos sobre o começo da Fibromialgia.

O que causa a  Fibromialgia?

A causa da Fibromialgia ainda é desconhecida, apesar que alguns investigadores terem várias teorias sobre as causas ou o que desencadeia a doença.

Uma das teorias mais referida, é a de que a síndrome pode ser causada por uma lesão ou um trauma. Esta lesão pode afetar o sistema nervoso central. A Fibromialgia, pode estar associada a alterações no metabolismo muscular e à diminuição do fluxo sanguíneo, causando a fadiga e a diminuição da força.

Segundo a “Associação Portuguesa de Doentes com Fibromialgia (2018)”, o nosso corpo começa a dar alguns sinais específicos sobre o começo da Fibromialgia.

inspire-studio-fibromialgia-img01
inspire-studio-fibromialgia-img03
inspire-studio-fibromialgia-img05

É importante ficar atento a estes sintomas num período superior a três meses:

  • Rigidez muscular regular;
  • Dores agudas em todo o corpo (pode ter diferentes intensidades e assemelhar-se a picadas ou queimaduras);
  • Fadiga constante;
  • Pouco sono;
  • Formigueiro nas extremidades do corpo: mãos, braços, pernas e pés:
  • Sensibilidade à temperatura: Sobretudo o frio pode tornar-se num suplício.

É importante ficar atento a estes sintomas num período superior a três meses:

  • Rigidez muscular regular;
  • Dores agudas em todo o corpo (pode ter diferentes intensidades e assemelhar-se a picadas ou queimaduras);
  • Fadiga constante;
  • Pouco sono;
  • Formigueiro nas extremidades do corpo: mãos, braços, pernas e pés:
  • Sensibilidade à temperatura: Sobretudo o frio pode tornar-se num suplício.

Como é que a Fibromialgia pode ser tratada?

inspire-studio-fibromialgia-img02

Alguns estudos demonstram que o exercício aeróbico, como a natação, caminhada e a musculação adaptada e com acompanhamento personalizado e adequado com Profissionais da área especializados, poderá melhorar a aptidão muscular e reduz a dor muscular e a sensibilidade. As massagens também podem resultar em alívio a curto prazo.

Num caso mais avançado e extremo da Fibromialgia, os antidepressivos podem ajudar a elevar o humor, elevar a qualidade do sono e a relaxar os músculos.

É importante haver uma combinação destes três aspetos: medicação, exercício físico e relaxamento. Para que possa ter uma melhor qualidade de vida.

Como é que a Fibromialgia pode ser tratada?

inspire-studio-fibromialgia-img02

Alguns estudos demonstram que o exercício aeróbico, como a natação, caminhada e a musculação adaptada e com acompanhamento personalizado e adequado com Profissionais da área especializados, poderá melhorar a aptidão muscular e reduz a dor muscular e a sensibilidade. As massagens também podem resultar em alívio a curto prazo.

Num caso mais avançado e extremo da Fibromialgia, os antidepressivos podem ajudar a elevar o humor, elevar a qualidade do sono e a relaxar os músculos.

É importante haver uma combinação destes três aspetos: medicação, exercício físico e relaxamento. Para que possa ter uma melhor qualidade de vida.

Referências bibliográficas:

http://www.Fibromyalgiasupport.com

National Institute of Anthritis and Musculoskeletal and Skin diseases (2000)

Associação Portuguesa de Doentes com Fibromialgia (2018)

Referências bibliográficas:

http://www.Fibromyalgiasupport.com

National Institute of Anthritis and Musculoskeletal and Skin diseases (2000)

Associação Portuguesa de Doentes com Fibromialgia (2018)

pedro-martins-inspire-studio

Por Pedro Martins

Personal Trainer Inspire Studio

pedro-martins-inspire-studio

Por Pedro Martins

Personal Trainer Inspire Studio